A Fundação 2 de Julho é uma significativa expressão do panorama educacional da Bahia. A história da Fundação começa no ano de 1976, com o processo de transferência, também chamado de processo de nacionalização, do Colégio 2 de Julho, que era mantido desde 1927 pela Comissão de Missão e Relações Ecumênicas da Igreja Presbiteriana Unida dos Estados Unidos (COEMAR).
No período de transição do Colégio 2 de Julho da administração americana para uma gestão essencialmente brasileira, foram levantadas três alternativas:

  1. Vender o Colégio 2 de Julho, devolvendo os recursos da venda aos seus doadores nos Estados Unidos;
  2. Doar o Colégio 2 de Julho à Igreja Presbiteriana do Brasil, como desejaram as lideranças regional e nacional da IPB;
  3. Doar o Colégio 2 de Julho ao povo baiano criando uma Fundação para gerir o patrimônio e dar seguimento aos ideais educacionais de seus fundadores.

Esta última alternativa foi defendida pela liderança do Presbitério do Salvador, contando com o devido apoio do reverendo Jaime Nelson Wright, representante da Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos no Brasil, que conseguiu conciliar os discursos, vencer os obstáculos e fazer convergir os pensamentos para uma administração autônoma conduzida por brasileiros, em sua maioria educadores de formação cristã evangélica, através de uma Fundação de direito privado, sem fins lucrativos, supervisionada pelo Ministério Público.

Reverendo Jaime Wright

Desde o seu princípio, a Fundação 2 de Julho tem como missão desenvolver programas educacionais de acordo com os princípios cristãos em que deve basear-se a formação moral da juventude. Entre esses princípios merecem destaque o respeito pela dignidade e pelas liberdades fundamentais da pessoa humana, o fortalecimento de uma sociedade democrática e o reconhecimento de que a educação constitui um direito de todos, fortalecendo a consciência de responsabilidade pela formação de uma sociedade mais justa.

Atualmente a Fundação 2 de Julho assume definitivamente o papel de entidade mantenedora do Colégio de Julho e Faculdade 2 de Julho.